NOSSO PRIMEIRO POST.

NOSSO PRIMEIRO POST.

QUERIDAS LEITORAS E FUTURAS AMIGAS

CONHEÇA NOSSOS MOODS

CONHEÇA NOSSOS MOODS

ELES SÃO NOSSA INSPIRAÇÃO

OLÁ, SOMOS A DRESSY.

OLÁ, SOMOS A DRESSY.

CONHEÇA NOSSA HISTÓRIA.

grl pwr

Vou dizer, ou escrever, que é um grande desafio pensar em um post para o Dia Internacional da Mulher – sem cair nos clichês com os quais já estamos pra lá de acostumadas. Acho que podemos começar com um parabéns? Parabéns por este dia. Espero que ao menos hoje, você tenha reservado um tempinho para você fazer algo por você – se não, ainda dá tempo!

Como nós todas bem sabemos, o Dia da Mulher não é somente flores e celebrações de feminilidade, mas uma lembrança de todo o caminho que ainda nos falta percorrer para conseguir igualdade, mesmo depois de 40 anos da sua criação. 8 de março foi definido como tal pela ONU, em 1975, e tem origem em manifestações de mulheres russas por melhores condições de vida e de trabalho.

E não é preciso muita pesquisa pelos relatórios por aí para perceber que nos encontramos muito longe de uma situação atual, apesar dos diversos progressos. Segundo o Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas, o número de empreendedoras cresceu 21,4%. O de homens cresceu 9,8% no mesmo período.

O mesmo anuário mostra que mulheres que estão montando o seu próprio negócio são bastante jovens: 41,3% têm entre 18 e 39 anos e 52% têm entre 40 e 64 anos. Cerca de 40% delas são chefes de família, sendo que a maioria (70%) tem ao menos um filho. Por outro, o salário das mulheres equivale a 73,6% do rendimento médio recebido por homens: R$ 1.614,95 contra R$ 2.195,30, segundo pesquisa do IBGE de 2013.

Esse mesmo cenário que mostra pequenos avanços, prova também que não vivemos em um mundo feminista, ou sequer igualitário. Essa desigualdade não parece tão notável em nosso dia-a-dia, pois estamos bem acostumadas com o que sempre nos foi dito.

Por aqui a gente se considera meninas de sorte nesse sentido, já que sempre fomos incentivadas pela nossa família, principalmente quando falamos do sonho de abrir nosso próprio negócio.

Fomos criadas para conquistar a nossa independência e estamos rodeadas de exemplos de mulheres que a alcançaram. Lutamos pelo nosso próprio dinheiro, trabalhamos – e muito – nos fins de semana e arrumar a casa ou cozinhar estão nos últimos itens de prioridade.

Hoje, o nosso desejo é que todo mundo seja um pouco mais feminista. Afinal, o feminismo por definição, objetiva os direitos iguais a partir da libertação de padrões opressores baseados em normas de gêneros. Descomplicando: igualdade entre homens e mulheres. Se o mundo fosse feminista, as mulheres não receberiam menos que o homem, exercendo o mesmo cargo. Também não se sentiriam intimidadas a se tornarem donas do seu próprio nariz, só porque “os caras não curtem as independentes”. Teriam filhos e, naturalmente, não seriam desencorajadas a continuarem crescendo profissionalmente. Teríamos mais líderes e, sem dúvidas, seríamos mais unidas.

Mudanças podem ser delicadas, mas são bem-vindas. Neste caso são particularmente necessárias e urgentes. Afinal de contas, você sempre teve poder, acontece que nesse mundo, nós temos que aprender a perceber por nós mesmas.

Compartilhar:
Tempo de leitura: 2 min
DSC_1765

Um pouco de festa, descanso ou juntar a família e amigos em um feriado prolongado é mais do que motivo suficiente para amá-lo, não é mesmo?

São alguns dias onde não existe nenhuma regra que estabeleça quem deve se portar como criança e quem deve ser adulto: no carnaval, todo mundo é livre para jogar confetes, serpentina, vestir a fantasia que quiser e brincar sem medo de ser feliz.

1

Vamos combinar, por mais que a farra não seja muito a sua praia, não há quem não goste de quatro dias de descanso. E por mais que em nosso país existam diversos outros feriados, nenhum deles é tão feliz quanto o carnaval. É uma energia linda em todos os cantos, fazendo com que a gente conheça pessoas novas, cante novas músicas, esqueça todos os problemas e só pense em se divertir – seja da maneira que for.

3

Também vale ressaltar que nele tem espaço e festa para todo mundo… dá para pular atrás do trio elétrico, ir para baladas específicas, acompanhar os ensaios, ir nas festinhas de rua, ou ainda reunir aquele grupo de amigos queridos. A ordem agora é aproveitar, até porque na outra quinta-feira volta tudo ao normal: o trânsito, o trabalho e a rotina sem confetes ou serpentina. Mas o que basta é que o carnaval é a oportunidade perfeita de se divertir durante quatro dias sem precisar se preocupar com mais nada.

2

E por aqui esperamos que o seu seja perfeito!

Mil beijos,

Fernanda e Paula.

Compartilhar:
Tempo de leitura: 1 min

Ah o Carnaval… Muita festa, alegria e samba no pé. A gente por aqui não perde um. Mas o que gostamos mesmo é de poder sair por se sentindo confortável com o que está usando. Tem coisa melhor? Não se preocupar com o sapato que vai machucar ou a roupa que não foi feita para cair na folia. Afinal, quando se trata de carnaval o ponto principal é a diversão, não é mesmo?

Não podem faltar cor e brilho, mas principalmente roupas versáteis e que você consiga aproveitá-las depois. Por isso, a gente resolveu dar algumas dicas e separou quatro looks com peças para usar nesse feriado como também em outras ocasiões durante o ano. Vem cá ver:

  • O primeiro look é com o nosso queridinho body preto com detalhes em renda, e a gente te mostra como ele fica bem com saia para um look noite, como também com um shortinho estampado para pular o carnaval. Aí é só colocar uns acessórios e pronto! Não precisa de mais nada 🙂

| body preto com renda – disponível no tamanho P – R$179 |

look 1 bodydandara

  • Não tem nada mais versátil do que uma blusinha branca, concorda? Ainda mais se for em cetim, fica bem com qualquer coisa e ainda deixa o look arrumadinho. Que tal a nossa produção de carnaval? Com uma saia metalizada e um arranjo na cabeça você já tem a sua “fantasia” de princesa!

| blusa de cetim com renda na lateral – disponível no tamanho P – R$149 |

look 4 blusinhacatavento

  • Você já percebeu que o body veio para ficar né? Por isso te mostramos mais uma vez, seja em cores neutras ou colorido, não importa… Ele dá com tudo! Principalmente no tom menta, que com uma calça jeans está pronta para o trabalho, mas é só jogar um shortinho de moletom que você encontra o conforto que tanto queria <3

| body menta – disponível no tamanho M – R$139 |

look 3 body mentafernanda

  • No último look te apresentamos o nosso body de tricot, e não temos dúvidas de que você vai aproveitar ele o ano todo! Seja no trabalho, a noite ou nos dias de folia, ele será a sua melhor companhia. E para o carnaval já sabe né? Combine com algo colorido que não terá erro! <3

| body branco de tricot – disponível no tamanho M – R$179 |

look 2 body brancobodyacess

Ah, e a nossa dica é usar e abusar da make e dos acessórios, eles com certeza farão toda a diferença nos looks #party. E não tem regra… Use a sua criatividade, é carnaval! <3

Se gostou de alguma peça manda uma mensagem para a gente – (48)996063024 – vamos adorar te atender!

Mil beijos, Fernanda e Paula.

Compartilhar:
Tempo de leitura: 2 min

Começo de ano é sempre a melhor hora de colocar ordem na vida, e porque não aproveitar e reorganizar o guarda-roupa? Doar o que não serve mais, guardar as peças de outras estações e deixar as preferidas mais acessíveis. Por isso achamos esse momento super adequado para esse post.

Diz aí, você é do tipo que guarda o pijama na mesma gaveta do vestido de festa? É daquelas que não consegue de jeito nenhum encontrar a calça comprada na temporada passada? Cuidado! Um closet mal organizado conduz à falta de estilo. Por quê? Ora, é muito mais difícil apostar em novas composições e ousar em misturas para quem não consegue visualizar o que tem. Portanto, deixe a preguiça de lado e mãos à obra. Confira algumas dicas essenciais que reunimos e vão colaborar – e muito – para essa tarefa:

1. Para começar, retire o que está em desuso por mais de um ano. Se você não usou neste período, dificilmente voltará a vestir. Exceções podem ser as peças com valor sentimental ou as com um design diferenciado.

2.  Ao comprar uma peça nova, sempre elimine a similar já gasta. Porém, calças jeans e camisetas valem uma segunda avaliação, afinal, elas podem ficar ainda mais charmosas em estado “podrinho”, ou como dizem por aí – destroyed. E mais, peças jeans com um ar vintage estão super em alta!

3. Em um armário bem organizado, cada peça deve estar em seu devido lugar e o mais exposta possível. É indicado colocá-las por modelo: calças, vestidos longos, vestidos curtos, casacos, tops, saias e por aí vai…

4. Organize ainda as peças por situações/programas. Exemplo: roupas de trabalho, roupas de sair, roupas da semana, roupas de final de semana, de praia, de frio. Aqui escolha a divisão que mais faz sentido dentro da sua rotina. 😉

5. Ordene as peças por cores, do claro ao escuro ou vice-versa. É fundamental, pois deixa o armário lindo e harmonioso, e fica ainda mais fácil gostar de tudo. E a vontade de usar peças diferentes até aumenta!

6. Dica óbvia, mas esquecida por muitos: deixe à vista o que usa mais e ao fundo o que usa menos. Isso facilita a exposição do máximo número de peças.

7.  Malhas de cashmere e tricôs em geral devem ser dobrados e, se possível, guardados em sacos que os protejam do pó. E eles jamais devem ser de plástico. O ideal são os modelos em tecido e furadinhos. Os sacos de filós são perfeitos, assim como os de TNT. Guardar as peças da maneira correta é essencial para o aumento da vida útil das mesmas…

8. Casacos devem estar nos cabides certos, bem estruturados. Guarde-os abotoados, assim como as camisas, que devem ter sempre o primeiro e o último botões fechados.

9. Roupas de festa leves ficam melhor em cabides. As mais pesadas devem ser guardadas em caixas. Por sinal, use e abuse delas, dê preferência aos modelos com ventilação e também transparentes para que você consiga ver tudo que possui.

10. Bolsas precisam de enchimento e devem ser guardadas de pé – as estruturadas – ou deitadas – as mais molinhas.

11. Os sapatos devem assentar sobre a superfície, como no chão. Evite guardá-los em caixas, onde acabam amassando, mofando e perdendo a forma. Os menos usados podem ser recheados com papel para manter a modelagem perfeita.

12. Os cintos não devem ficar enrolados. Dependendo do material, essa forma de armazenamento pode ‘quebrar’ a textura, como acontece com o couro, por exemplo. O melhor jeito de guardar cintos é os pendurando pela fivela para manter o formato original. Use a porta do armário ou um cabide específico. Se o modelo não tiver fivela, guarde assentado sobre alguma superfície, como prateleira ou gaveta.

13.  Não enrole peças separadas umas nas outras para prendê-las – sejam meias ou biquínis – pois elas acabam deformando. Os tecidos não têm tanta resistência para alargar e voltar ao original. Escolha uma gaveta ou caixa para armazenar estas peças, que pode ser enroladas.

14.  Cabides merecem um capítulo a parte, afinal, a escolha correta é fundamental na conservação das roupas. Para as roupas do dia-a-dia, como jeans, jaquetas, vestidos em materiais mais casuais, podem ser usados cabides de plástico, que têm pequenos ganchos para prender alças e fios. Já para roupas mais delicadas, como tops e vestidos em materiais nobres, os acolchoados são mais aconselháveis. Para casacos estruturados, de alfaiataria, os cabides com estrutura mais larga e anatômica, inclusive de madeira, são os mais indicados.

15. Entulhar o armário também estraga as peças. Um nicho abarrotado de cabides provavelmente está esmagando as roupas – e o mesmo vale para pilhas lotadas. E um bom armário também deve ser arejado. Caso não seja, precisa ser freqüentemente aberto e limpo.

16. Para quem tem armário pequeno em relação ao número de peças, a dica é armazenar estações em caixas e guardá-las. No verão, guarda-se o inverno, e vice-versa. O mesmo vale para as peças menos usadas.

Agora fica mais fácil, não é?

Mil beijos, Fernanda e Paula.

 

Compartilhar:
Tempo de leitura: 4 min
Destacada

A gente sempre quis aqui no blog trazer conteúdos além da moda, e um dos objetivos esse ano é compartilhar com você lugares que amamos e momentos que já vivemos no maior estilo #bonvoyage. Falar de viagens acho que é uma das coisas mais fáceis e gostosas pra mim. Rever e escolher fotos, lembrar do roteiro e das escolhas de cada dia, das comidas, das músicas, dos cheiros e de todas as novas descobertas. Afinal, ir para um outro país, estado ou até cidade diferentes sempre carrega um monte de surpresas, que na minha opinião valem mais do que qualquer souvenir que possamos trazer dentro da mala. E segundo Gabriel Garcia Márquez – escritor colombiano, “a vida é a que a gente recorda, e como recorda para conta-la.” Vamos lá recordar essa viagem delícia comigo?

f1f2

Estive em Cartagena no carnaval do ano passado, então há mais ou menos um ano atrás, e nesse post pensei em contar tudo o que fizemos que deixou a viagem ainda mais especial. Então se você ainda não planejou suas férias, pega o caderninho 😉

ff1ff2f3f4

A cidade já estava na minha lista de viagens desejo há algum tempo… Afinal é impossível não ficar encantada com todas as suas cores só pelos sites de viagem. A cidade é tropical, quente – muito quente – super charmosa e aconchegante num nível que nos deixa a vontade em qualquer cantinho. Nas suas ruas é impossível não encontrar os vendedores de frutas, com seus carrinhos cheios de sabores. Impossível não tomar mojitos todos os dias, se apaixonar pelo arroz de coco e se encantar com a culinária – que na minha opinião é uma atração a parte. Mas para mim o melhor passeio da cidade é se aventurar e se perder pelas ruelas da ciudad amurallada, região da cidade protegida por 11km de muralhas que, um dia, salvaram a colônia dos ataques piratas.
f5f6

E é justamente quando passamos os portões da muralha que nos sentimos em outra época, e também entendemos porque a cidade é tão simpática e tem tanto carisma… A confusão dos comerciantes e dos carros, o barulho das charretes, tudo conta um pouquinho da sua história. A cidade fica ainda melhor quando feita na companhia de pessoas especiais e essa viagem foi com a família completa (minha mãe, irmã, cunhado e namorado).
f7f8

Indo direto ao assunto e contando então o que fizemos na cidade e que valeu a pena… Sempre gosto de nos primeiros de viagem fazer um city tour – assim, conseguimos nos situar melhor e é ótimo para conhecer a história local. Em Cartagena não foi diferente, mas lá fizemos um Free Walking Tour. Esse tipo de passeio existem nas mais diversas cidades, e funciona da seguinte forma: você não paga um valor pelo mesmo, somente paga o que achar justo pelo o que recebeu no final do tour. Os guias eram ótimos, e podíamos escolher se queríamos fazer em inglês ou espanhol.

Outro passeio que não dá para sair de Cartagena sem fazer é o Castillo de San Felipe de Bajaras. O Castillo é um forte gigantesco – só para ter uma ideia, é a maior obra militar espanhola construída na América (!) – que começou a ser construído em 1536. A dica aqui é começar a visita cedinho ou no final da tarde, antes que o sol escaldante não lhe deixe curtir o passeio como ele merece. E claro, aproveitar o lugar, que por sinal rende fotos lindas… E a vista da cidade fica ainda mais incrível quando a luz de fim de dia começar a bater em suas paredes rochosas.
f10f11f12

Semelhante ao Castillo é o Café Del Mar, ir a Cartagena e não pelo menos passar no mesmo é quase que a mesma coisa que não ir – dica: reserve uma mesa antes de ir! O bar foi construído junto à muralha, e tem uma vista incrível do mar caribenho. Olha só:

f14Sempre quando viajo com o meu namorado nós procuramos algum Pubcrawl na cidade, em Cartagena fizemos um diferente e mais diferente ainda porque levamos até minha mãe conosco. O passeio foi um “Historical Drinking Tour”, fomos acompanhados por uma guia que em cada parada e ao longo do caminho ia contando um pouco mais sobre a história de Cartagena, e paramos em seis bares.

15 16

Falar de viagem e não falar dos restaurantes e das comidas que nos encantaram não combina né? Por isso no final da viagem fizemos uma votação daqueles lugarzinhos que mais ganharam o nosso coração e que mais valeram a pena. Anota aí:

O primeiro é o La Cevicheria um restaurante que não podia ser mais a cara do caribe! Fomos num dia que já tínhamos visto tudo da cidade, logo sem pressa nenhuma. Sentamos por horas numa mesinha na rua que batia um ventinho e só saímos depois que estávamos já cansados de tanto comer.
f17f18f19

O segundo é o El Santíssimo, que deixa clara sua criatividade ao nomear os pratos – não vou citar os nomes para não privar quem está indo de algumas risadas quando receber o cardápio. Já o terceiro é o Marea By Rausch, não elencamos tanto pela comida, mas sim pelo ambiente que foi ótimo para fechar a viagem com chave de ouro.

f20f21f22f23

E o quarto é um bar que é um show a parte, o El Demente que fica no bairro Getsemaní – recomendo ir até o mesmo andando para curtir o caminho que na época colonial era onde viviam os escravos. E é super conhecido por ainda preservar as raízes e a cultura, com ainda – poucas – influências do turismo.

25

Cartagena foi assim uma cidade cheia de cores e sabores, lugar lindo, iluminado e cheio de histórias. Sempre que saio de novos lugares me vem um sentimento de saudades e um pouco de nostalgia… E nesse cantinho quente, simpático e repleto de segredos não foi diferente!

Um beijo,

Fernanda.

Compartilhar:
Tempo de leitura: 5 min
DSC_1468

Acho que já falamos por aqui o quanto gostamos de usar essa peça né? E não é a toa. Entra e sai ano e os macaquinhos continuam sendo a aposta do verão. Isso por serem básicos, confortáveis e para lá de fofos.  Aliado de um dia cheio, ele pode ser a peça mais interessante do seu guarda-roupas quando não souber o que vestir. Também a cada estação aparece de uma forma diferente, seja na modelagem, cor ou tecido, sempre acompanhado das tendências do momento. Além de ser super versátil, com ele é só trocar os complementos que você consegue facilmente sair de um programa diário para aquela festa a noite.

Não tem como negar, a gente adora. Será que você vai se apaixonar também depois de ver as nossas opções? Separamos alguns aqui para você poder se inspirar. Vamos lá:

  • Macaquinho tipo jardineira

Jardineira

Lembra das tão usadas jardineiras jeans? Poisé, elas voltaram com tudo, mas também nos tecidos planos e nas mais variadas cores. Não fica lindo? O nosso aqui tá na promoção e sai por R$87,20.

  • Macaquinho com Babados

Babados

Já falamos dessa tendência antes… Ela que foi super aceita nesse verão. Achamos que os babadinhos dão um ar de menina ao look. No modelo preto fizemos um precinho ótimo: por R$111,20 <3

  • Linho + listras

Linho + Listra

O linho é outro que tá sempre pintando por aí, e te mostramos ele com listras e bem leve para curtir esse verão. Com o nosso desconto ele fica R$103,20

  • Tecidos Fluidos

Tec Fluido

Por fim o modelinho mais versátil de todos, que com esse tecido te deixa arrumada e pronta para qualquer ocasião. E é claro que ele também está na promoção, por R$191,20 <3

O que achou das nossas opções? Sentiu vontade de adquirir o seu? Se sim, é muito fácil! Manda um Whats App no número (48)99606-3024 que podemos separar para você, além de te mostrar muitas outras peças da nossa promoção – não esqueça que quanto mais peças você gostar, melhor ainda fica o desconto!

Mil beijos, Fernanda e Paula.

Compartilhar:
Tempo de leitura: 1 min
DSC_1386

Se fazer umas comprinhas já é algo maravilhoso, capaz de melhorar o humor de qualquer mulher, imagina então adquirir aquela roupa que você desejou durante os últimos meses por um precinho mais amigo: é ou não é pra ficar com um sorriso de orelha a orelha? Então, para começar ainda melhor 2017, muita atenção para a seleção que fizemos das nossas peças preferidas que entraram na nossa sale!

E como sempre, para agradar a todas, nossos eleitos são democráticos e estão em todos os #moods! Para as básicas, jeans junto do branco, mais versátil impossível. Já as clássicas provavelmente preferirão as blusinhas b&w, atemporais e à prova de tendências. Quem adora tendencinhas vai pirar com os paetês ou metalizados, atuais e capazes de dar um mega up no look na hora. Já deu pra sentir o cheiro de bons achados no ar, certo? Para conferir todas as nossas escolhas e finalmente arrematar aquele par dos sonhos por um valor esperto é só continuar por aqui:

8

A mistura do azul clarinho com o coral aqui ficou perfeita e mais a cara do verão impossível… Já estamos até te imaginando tomando um belo drink para fugir do calor assim 😉

1

Jardineira de tecido plano, junto com um body bem justinho… Temos certeza que essa composição vai deixar os seus dias muito mais bonitos!

2

É certo, o nosso queridinho do verão é o macaquinho… Afinal existe peça mais prática do que ele? E o melhor, só não dá para usar ele no escritório, porque em todos os outros #moods é só colocar os acessórios corretos!

3

Branco <3 é uma das nossas cores preferidas! E viu só como um vestido que provavelmente nós só imaginaríamos em uma festinha fica lindo em uma produção mais despojada?

7

Uma das nossas blusinhas atemporais que falamos lá no início do post… Com detalhe plissado ainda, nós amamos, e é a hora certa de você aproveitar para compra-la!

4

Esse é o look que mais nos surpreendeu dessas últimas fotos… Vai dizer que ele não dá vontade de curtir um dia perfeito de verão?

5

Short-saia combinado de um body num verdinho irresistível… <3

6

Paetê e plissado… Duas das principais tendências desse verão, agora por um precinho bem mais amigo! 😉

9

Nosso longo branco, aproveite-o em um pôr do sol lindo ou em um jantar especial.

E aí, o que achou? A nossa sale está funcionando de um jeito para você adquirir todas as peças que já ficou com vontade antes… Com descontos progressivos, da seguinte forma:

Uma peça, 20% de desconto.

Duas peças, 30% de desconto.

Três ou mais peças, 40% de desconto.

Logo, quanto mais você levar, você vai acabar ganhando algumas peças na faixa. Não é ótimo? Venha falar com a gente que vamos adorar te ajudar a aproveitar o máximo e fazer ótimas aquisições!

Mil beijos, Fernanda e Paula.

Compartilhar:
Tempo de leitura: 2 min
DESTACADA

Chega o mês de janeiro e com ele a época que a gente mais adora: a temporada de liquidações! Com tantos gastos no final do ano as marcas parecem saber o quanto precisamos daquela ajudinha para dar um “up” no guarda-roupa. Mas nem sempre somos capazes de escolher as melhores peças por estarmos atraídas demais com os descontos oferecidos, não acha? Por isso estamos aqui para te auxiliar com algumas dicas que podem ser muito úteis ao fazer essas escolhas. Afinal, compra consciente é a melhor coisa que existe. Vem cá ver:

  • Custo X Benefício

Essa é a nossa dica preferida para todas as ocasiões de compras – afinal precisamos valorizar o nosso dinheiro, não é mesmo? E basicamente é pensar antes de comprar qualquer coisa, para fazer valer o valor gasto e para ter certeza de que a nova aquisição vai acrescentar dentro do armário. Dessa forma, é necessário avaliar seu estilo de vida/rotina e os possíveis usos para “calcular” quanto é esperto gastar em cada tipo de roupa.

Vamos ver se conseguimos te explicar melhor… O valor que você gasta em uma roupinha deve ser equivalente às quantidades de uso da mesma. Logo, quanto mais a gente usa uma peça, mais ela vale o que pagamos por ela. Isso é ótimo para lembrar que não vale tanto a pena gastar horrores naquele vestido longo para ir à formatura da amiga: isso porque é bem mais inteligente gastar no que a gente usa todo dia, durante bem mais tempo, como por exemplo, para trabalhar.

Achamos que sempre podemos achar peças que encaixarão no segundo grupo nas liquidações, e com o valor menor, o benefício será ainda maior! 😉

  • Invista no que combina com você

De nada adianta comprar roupas que não representem aquilo que você demonstra nos mais diversos detalhes em todos os dias da sua vida. Portanto, aposte nas cores que você está habituada, nas que você mais ama e nas que mais destacam a sua beleza. E também nos tecidos que te fazem se sentir mais confortável e de bem com a vida 🙂

Mas também vale lembrar que as vezes precisamos sair da nossa zona de conforto… Então, se for para investir em tendências essa é a melhor época. Afinal, será ótimo abusar dos descontos para testar algo novo para você!

  • Faça uma lista de prioridades

Acho que toda mulher tem uma listinha – nem que seja mental – de peças que precisa ter. Mas se pensarmos bem na verdade, a gente não precisa de nada. Mas todas nós podemos ter coisas que façam a diferença no armário, no vestir de todo dia, e principalmente, na vida prática. Para gente esses itens são aqueles que temos vontade de usar sempre, como: uma bela de uma calça jeans, um ótimo blazer para curar o friozinho do escritório, aquele pretinho básico que vai ser ótimo no dia do happy hour, aquela t-shirt basiquinha com a malha gostosa que não dá vontade de tirar, entre alguns outros. Pense no que você precisa para facilitar o máximo o seu dia-a-dia!

  • Combinando a peça

Antes de ir até o caixa e passar o cartão, pense em pelo cinco combinações para a sua nova aquisição. Imagine  coordena-la com as suas outras compras e principalmente com o que já tem em casa. Nós por aqui gostamos de pensar se a peça se encaixa na maioria dos nossos moods, porque dessa forma invariavelmente ela será bem aproveitada.

E aqui vamos te lembrar que na nossa promoção fica ainda mais fácil. Afinal, você pode nos receber no conforto da sua casa e já experimentar todas as nossas ofertas com as peças que você já possui. Não seria ótimo? Além de fugir de todo o trânsito dessa época do ano 😉

  • Peças únicas

São uma escolha certa e que se aplica a quase todos os itens anteriores… Afinal, quando você for usá-la, terá que pensar em bem menos coisas. Coloca na listinha então os vestidos e macaquinhos, e antes dê uma olhada em quais cores você já possui para acrescentar algo que seja um pouco diferente do que você já está acostumada.

Gostou das nossas dicas? Esperamos que aproveite, pois semana que vem tem promoção aqui na Dressy. Fique de olho, os preços estão ótimos!

Mil beijos, Fernanda e Paula.

Compartilhar:
Tempo de leitura: 3 min
DSC_0103

Escrever esse texto está parecendo um pouco estranho, já que só estamos por aqui há pouco mais de três meses. Mas mais ainda seria se não escrevêssemos nada… Afinal, nossa ideia com o blog sempre foi compartilhar o máximo possível com você nossa cliente, e esse tempo foi tão especial que precisávamos nos despedir de 2016. <3

Sem dúvidas esse foi o ano mais intenso em toda a nossa vida… Até porque tivemos mais de 200 vendas, 18.392 curtidas somente no Instagram, 344 fotos publicadas, 35 vídeos publicados, 60 posts no blog, 560 comentários, 1.009 curtidas na página do Facebook, 115 clientes cadastradas, 8 parcerias firmadas e sorrisos compartilhados… que felizmente já perdemos a conta!

Foi o ano da mudança, e da busca para realizar o nosso sonho. Mas fica tão fácil todo esse trabalho quando realmente queremos fazer acontecer. Ao longo desse tempo precisamos muito do apoio da família, dos amores e amigos. Mas muito mais do que isso, precisamos também que eles entendessem a nossa ausência. Afinal, já faz algum tempo que a Dressy está ocupando o primeiro lugar na lista de prioridades…

Hoje estamos aqui já ansiosas por todas as surpresas que 2017 vai nos trazer. E o melhor da virada de ano é isso… Fechar os olhos e lembrar do momento exato em que colocamos toda a fé do mundo nos próximos 365 dias. Nesse momento, com a empresa no ar e acontecendo, entendemos tudo o que não foi, e principalmente o que deixou de ser para trazer algo melhor. Isso nos faz perceber o que era para acontecer… Que além de tudo do que imaginávamos lá em setembro, acabou construindo uma linda história de se contar. E o melhor, nos ensinou tudo que deveria ensinar… É incrível pensar o quanto podemos mudar e aprender em tão pouco tempo!

2017 vai ser diferente, também cheio de mudanças e surpresas, mas igualmente necessário. Que seja incrível, e cheio de vida. O resto a gente faz acontecer, e vamos adorar fazer com você sempre aqui do nosso lado!

Mil beijos, Fernanda e Paula.

Compartilhar:
Tempo de leitura: 1 min
thumb_DSC_0762_1024

Está terminando mais um ano. Como foi 2016 para você? Quais foram as suas realizações? Alcançou todas as metas planejadas até agora? Se não, que tal já conseguir traçar as do ano seguinte com alguns passos simples?

1° passo: Liste todas as suas metas.

2° passo: Estipule um prazo para todas elas. Fica muito mais fácil atingi-las quando estabelecemos um tempo para serem alcançadas. Exemplo: abril/2017 ou 4 meses.

3° passo: Pense em cada uma, e se elas são específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais.

O que é ser específico? É não colocar uma meta genérica. Por exemplo: ser um profissional bem sucedido ou ser feliz. É colocar exatamente o que você quer conquistar. Exemplo: inglês avançado. E mensurável é você ter capacidade de medir o alcance da meta. Tendo como exemplo: para medir o conhecimento avançado nesse idioma você pode fazer uma prova em instituição internacional que comprovará o seu nível.

O que é ser alcançável? Para uma grande meta ser atingida, é necessário realizar submetas, que são aquelas menores. E uma vez não cumpridas, a grande meta não virá. Exemplo: para ter inglês avançado, pode ser necessário estudar 1 hora por dia, assistir filmes em inglês e fazer um curso presencialmente (2 horas por semana). Também é importante avaliar se as submetas dependem do seu próprio esforço. Pois quando necessitam de terceiros, fica mais difícil conquistar a meta principal…

E o que é ser relevante? É identificar o que vai te motivar para conquistar dia após dia execução dessas submetas. Qual o propósito de ir em busca da realização da grande meta? Exemplo: ter inglês avançado vai abrir as portas em empresas multinacionais. E o temporal já comentamos no 2° passo. É muito importante estipular um período para a conquista da meta.

Esperamos que você alcance tudo o que planejar em 2017 e que tenhamos um ano lindo pela frente!

Mil beijos, Fernanda e Paula.

Compartilhar:
Tempo de leitura: 1 min
Page 6 of 10« Primeiro...567810...Último »